Back to Blog

Where are we going? To the world! | Para onde vamos? Para o mundo!

Darryl Green*

Building a company isn´t easy. But it can be amazingly rewarding!

I know this first-hand. In 2005 I co-founded a company (eventually named Ethoca), with three other wide-eyed would-be entrepreneurs. We were four guys with a spreadsheet and a dream. Our first business model was to create a centralized database of eCommerce transactions so that any given subsequent transaction could be better evaluated as low-risk or high-risk (potential fraud). But as I like to say now whenever I see business forecasts from similarly naïve and energetic entrepreneurs "there is only one thing I know for sure – that is not what's going to happen".  Two significant business pivots and fourteen years later we had expanded Ethoca to 40 different countries and sold Ethoca to Mastercard. I moved to Brazil.  It was a professional and financial success for us, our employees and our investors. My plan was to work with Mastercard as long as required to ensure it was a successful acquisition for them and then spend my time making investments and providing the benefit of my experience in Board and Advisory positions.

Then I came across Combate á Fraude.

Basically in my experience over the years I have reduced my private company investment thesis down to three rules:

  1. The idea has to play in a big sandbox (big market, lots of opportunities) and
  2. The company has to have a great team (This is by far the most important rule – see ´not what´s going to happen´ comment above – it´s the team that gets up after the punches and forges on  - and there are always punches).  
  3. The industry has to be in a field that I am experienced in or really want to become experienced in (preference to the former).

Combate á Fraude (CAF) hit all those in spades. Further, there are a very special set of market conditions in Brazil that make it a great place for fin-tech innovation and the CAF team was developing what promises to be a truly globally disruptive identity solution. Greater involvement was irresistible.

Each of the above warrant a full discussion on their own but for the purposes of today, suffice it to say that:

  • The growing importance of digitally confirming identity both in online and offline use-cases ensures plenty of growth into an already huge market,
  • the two founders of CAF were each passionate and brilliant in their own right: Leonardo with his relentless focus and passion for servicing and maintaining relationships with our customers and Rafael with his product and marketplace understanding coupled with deep technological expertise. By the time I became involved, they had already done the hardest thing for anyone starting a technology business, they had happy paying customers.
  • The product and development team is young, super-talented and hungry for success. Success not just for themselves but for their country and region.

Regarding Brazil, it is an incredibly advanced fin-tech market. It seems to me that many Brasilieros don´t recognize this. It is a well-documented part of Brazilian culture not to appreciate what they have until it is validated by outsiders. Well I am one of those outsiders and the speed and efficiency with which you can pay and move funds around here, is far superior to anything I have encountered in Canada, US, UK Or Europe. Add to that a population that adopts technology quickly and some seriously creative fraud talent and you have a market that by necessity has to develop world class identity verification and fraud avoidance technologies.

So when the opportunity arose,  I, my other co-founders, a number of our previous board members and investors, invested in CAF. I have joined as CEO with a mandate to help CAF continue rapid-scaling in Brazil and to take the CAF product and expertise to the world.  And we are all energized by the idea of establishing a technology born in Brazil as the global leader!

Happy to be building again….Bigger this time!

More to come…

________

Construir uma empresa não é fácil. Mas pode ser incrivelmente gratificante!

Eu sei disso em primeira mão. Em 2005 eu co-fundei uma empresa (eventualmente chamada Ethoca), com três outros aspirantes a empreendedores de olhos arregalados. Éramos quatro caras com uma planilha e um sonho. Nosso primeiro modelo de negócios foi criar um banco de dados centralizado de transações de comércio eletrônico para que qualquer transação subsequente pudesse ser melhor avaliada como de baixo ou alto risco (potencial fraude). Mas como gosto de dizer agora, sempre que vejo previsões de negócios de empresários igualmente ingênuos e enérgicos, "há apenas uma coisa que eu sei com certeza – não é isso que vai acontecer”. 

Dois importantes pivôs de negócios e quatorze anos depois expandimos a Ethoca para 40 países diferentes e vendemos a Ethoca para a Mastercard. Eu me mudei para o Brasil. Foi um sucesso profissional e financeiro para nós, nossos colaboradores e investidores. Meu plano era trabalhar com a Mastercard o tempo necessário para garantir que fosse uma aquisição bem-sucedida para eles e, em seguida, gastar meu tempo fazendo investimentos e fornecendo o benefício de minha experiência em cargos de diretoria e consultoria.

Então me deparei com o Combate à Fraude.

Basicamente, na minha experiência ao longo dos anos, reduzi minha tese de investimento em empresa privada a três regras:

  1. A ideia tem que jogar em um grande sandbox (grande mercado, muitas oportunidades) e
  2. A empresa tem que ter uma grande equipe (Esta é de longe a regra mais importante - veja o comentário 'não o que vai acontecer' acima - é a equipe que se levanta depois dos socos e segue em frente - e sempre há socos).
  3. A indústria tem que estar em um campo em que eu tenha experiência ou realmente queira me tornar experiente (preferência ao primeiro).

O Combate à Fraude (CAF) acertou em cheio. Além disso, há um conjunto muito especial de condições de mercado no Brasil que o tornam um ótimo lugar para inovação em tecnologia financeira e a equipe da CAF estava desenvolvendo o que promete ser uma solução de identidade verdadeiramente globalmente disruptiva. O maior envolvimento era irresistível.

Cada um dos itens acima merece uma discussão completa por conta própria, mas para os propósitos de hoje, basta dizer que:

  • A crescente importância da confirmação digital da identidade em casos de uso online e offline garante muito crescimento em um mercado já enorme,
  • os dois fundadores da CAF eram cada um apaixonado e brilhante por direito próprio: Leonardo com seu foco e paixão incansáveis ​​por atender e manter relacionamentos com nossos clientes e Rafael com seu conhecimento de produto e mercado juntamente com profundo conhecimento tecnológico. Quando me envolvi, eles já haviam feito a coisa mais difícil para quem está começando um negócio de tecnologia, tinham clientes pagantes satisfeitos.
  • A equipe de produto e desenvolvimento é jovem, super talentosa e faminta pelo sucesso. Sucesso não apenas para eles, mas para seu país e região.

Em relação ao Brasil, é um mercado de fin-tech incrivelmente avançado. Parece-me que muitos brasileiros não reconhecem isso. É uma parte bem documentada da cultura brasileira não apreciar o que eles têm até que seja validado por pessoas de fora. Bem, eu sou um desses forasteiros e a velocidade e eficiência com que você pode pagar e movimentar fundos por aqui é muito superior a qualquer coisa que encontrei no Canadá, EUA, Reino Unido ou Europa. Acrescente a isso uma população que adota a tecnologia rapidamente e alguns talentos de fraude seriamente criativos e você tem um mercado que, por necessidade, precisa desenvolver tecnologias de verificação de identidade e prevenção de fraudes de classe mundial.

Então, quando surgiu a oportunidade, eu, meus outros co-fundadores, vários de nossos conselheiros e investidores anteriores, investimos na CAF. Ingressei como CEO com o mandato de ajudar a CAF a continuar crescendo rapidamente no Brasil e levar o produto e a experiência da CAF para o mundo. E estamos todos animados com a ideia de estabelecer uma tecnologia nascida no Brasil como líder global!

Feliz por estar construindo novamente... Maior desta vez!

Tem muito pela frente…

Mais artigos

O risco de imagem atrelado à falta de investimento em prevenção à fraude

Saiba quais são as consequências de não agir de forma preventiva e como você pode ampliar a proteção do seu negócio.

Read Story

Por que a verificação de identidade se tornou vital no mercado iGaming

Ascensão do mercado iGaming tem chamado a atenção de um público bastante indesejado: os fraudadores.

Read Story

Como definir as fontes de consulta no background check

Confira os 3 pontos-chave que você precisa considerar na definição das fontes de consulta do background check.

Read Story

Não perca uma postagem.

Se inscreva em nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo assim que publicado.
Não iremos compartilhar seu email com terceiros.