Back to Blog

O que é e como funciona a MFA (Autenticação Multifator)?

Rafael Viana

Você e o seu negócio estão preparados para se proteger contra a ameaça digital da invasão de contas, a chamada Account Takeover (ATO)?

Sem dúvidas, esse é um dos grandes desafios enfrentados pelas empresas e seus usuários nos dias atuais, devido à série de problemas e prejuízos que se pode ter com contas invadidas.

Neste blog, porém, mostramos que a tecnologia de Multi Factor Authentication (MFA) - em português, autenticação multifator - pode ser uma aliada do seu negócio para ajudar na proteção dos seus usuários.

Basta seguir neste artigo para descobrir o que é essa tecnologia e como ela funciona na prática.

Ou clique no play abaixo para ouvir o conteúdo agora mesmo!


Entenda a autenticação multifator 


De forma resumida e simples, a autenticação multifator consiste na exigência de informações adicionais para provar que um usuário é quem diz ser. 

É aplicada antes da realização de uma determinada ação dentro de uma plataforma ou aplicativo, como o próprio acesso à conta e/ou uma ação específica como a realização de uma transferência monetária. 

Assim, ao fazer uso da MFA, se uma senha for comprometida, por exemplo, os ladrões teriam que romper pelo menos mais uma barreira para conseguir ter acesso à conta do alvo e/ou realizar ações específicas, o que torna muito mais difícil qualquer tipo de ação criminosa.

Nesse tipo de tecnologia, por sua característica multifator, as credenciais de autenticação precisam vir de duas ou mais categorias diferentes. São elas:

  • algo que você tem (smartphone, documento de identificação e chave do carro);
  • algo que você sabe (nome, segredo, senha);
  • algo que você é (um biométrico, como sua face). 

Ou seja, o produto traz muito mais segurança no sentido de garantir que uma conta não será roubada e, em consequência, gerar prejuízos ao seu cliente. 

Trata-se de um instrumento importante de proteção, pois o nome de usuário e senha são relativamente fáceis de serem hackeados e comumente são utilizados de forma repetida para acessar diferentes contas, o que amplia as chances de ataques. 


Os benefícios da autenticação multifator 

Além de evitar roubos de conta e prejuízos financeiros para os seus clientes e a sua empresa, o que por si só justificaria o investimento nessa tecnologia, a autenticação multifator traz alguns outros benefícios.

Ela pode ser encarada também como um reforço às políticas de compliance da sua empresa, pois representa a ampliação do seu compromisso com a proteção de dados dos usuários. 

Aliás, é importante ressaltar que isso está longe de ser uma questão menor para o brasileiro. Uma pesquisa do site Reclame Aqui divulgada em 2019 mostrou que 88,6% dos consumidores se preocupam com o uso de seus dados pelas marcas. 

Nesse sentido, a adoção de medidas de segurança como o uso da autenticação multifator é bastante positiva também como forma de obter mais confiança dos usuários com o seu sistema e, assim, gerar um sentimento de satisfação entre eles.

Contudo, aqui vale lembrar a importância de você contratar um serviço que permita configurar autenticações de baixa fricção, como forma de evitar atritos com o usuário, o que passa também pela escolha de um produto de fácil integração e com configurações simples para acesso ao seu painel.


Conheça o Identity


O Identity é a solução de autenticação multifator da empresa Combate à Fraude.  

Por meio das validações do Identity, você garante mais segurança aos clientes da sua empresa, evitando o roubo de contas e prejuízos aos seus verdadeiros donos.

Para isso, nós da Combate à Fraude fazemos todas as validações seguindo os métodos da biometria digital, possibilitando aos nossos clientes configurarem as políticas de autenticação de acordo com seus negócios.

As políticas de autenticação representam a forma com que configuramos as validações que serão feitas no momento em que for realizada uma ação em que há a necessidade de autenticação.

No Identity, você encontra três métodos de autenticação passivos, que funcionam em segundo plano e não demandam nenhuma ação do usuário. São eles:


  • Fingerprint de dispositivo

Coletamos dados como modelo, marca, sistema operacional e data/hora e criamos uma identidade única para o dispositivo atrelada à face e ao CPF do dono celular ou computador.

Confira também: Entenda o que é fingerprint de dispositivo

  • Localização 

Uso de um serviço próprio de geolocalização para identificar de onde o usuário fez a sua primeira autenticação. A partir disso, torna-se possível estipular um raio de onde o usuário consegue autenticar sua identidade.

  • Redes 

Coleta do IP, provedor e data/hora de qualquer autenticação feita pelo usuário.


Além disso, há três métodos de verificação ativos, que demandam algum tipo de ação por parte do usuário. São eles:


  • Face 

Captura de uma selfie do usuário seguida de uma análise de segundos para verificar se a face enviada coincide com a face já existente na base.

  • SMS 

Envio de um SMS com um código para que o cliente valide esse código no seu aplicativo.

  • E-mail 

Envio de um SMS com um código para que o cliente valide esse código no seu aplicativo.


Importante: a política de autenticação do Identity é criada diretamente no painel do produto e configurada pelo próprio cliente.

No vídeo abaixo, trecho de um webinar onde apresentamos o Identity, você fica sabendo um pouco mais sobre a solução e como ela pode ajudar o seu negócio. Confira!

Gostou do Identity e deseja saber mais sobre como ele pode lhe ajudar a evitar roubos de contas e prejuízos para a sua empresa e os seus usuários?

É simples: você pode solicitar uma demonstração sem nenhum compromisso junto aos nossos especialistas. 

Entre em contato com o nosso time hoje mesmo e esclareça todas as suas dúvidas!



Mais artigos

O risco de imagem atrelado à falta de investimento em prevenção à fraude

Saiba quais são as consequências de não agir de forma preventiva e como você pode ampliar a proteção do seu negócio.

Read Story

Por que a verificação de identidade se tornou vital no mercado iGaming

Ascensão do mercado iGaming tem chamado a atenção de um público bastante indesejado: os fraudadores.

Read Story

Não perca uma postagem.

Se inscreva em nossa newsletter para receber conteúdo exclusivo assim que publicado.
Não iremos compartilhar seu email com terceiros.